Cinderella, o musical

Cinderella, o musical

Maio 2016

O BNY Mellon acredita que a arte é uma poderosa ferramenta de investimento em pessoas – ela educa e enriquece sociedades. Por isso, incentivamos a cultura por meio do programa global de filantropia e estamos comprometidos em estimular a arte.

Este ano, temos orgulho de ser um dos patrocinadores do musical da Broadway Cinderella. O musical estará em cartaz em São Paulo e no Rio de Janeiro ao longo do ano de 2016.

O musical

Quem nunca sonhou com um príncipe encantado? Esse é um desejo universal e deu origem a uma série de contos de fadas que se perpetuam de geração em geração. Nenhum deles, contudo, é mais famoso do que Cinderella, a gata borralheira que se transforma em princesa por um dia e encontra seu grande amor, graças ao sapatinho de cristal perdido.  E assim são felizes para sempre!

“Cinderella”, de Rodgers e Hammerstein, foi exibido pela primeira vez na TV (na CBS), estrelado por Julie Andrews, em março de 1957, e é, até hoje, o programa mais visto da história da televisão americana. O musical chegou à Broadway em 2013. É baseado na versão do conto de fadas “Cinderella”, particularmente na versão francesa Cendrillon ou La Petite Pantoufle de Verre, de Charles Perrault. Este é o único musical da dupla escrito especialmente para a televisão e ganhou duas novas versões: em 1965 e 1997.

O Brasil, finalmente, terá sua própria “Cinderella” neste espetáculo, com direção de Charles Möeller e Claudio Botelho, trazendo Bianca Tadini no papel-título e Totia Meirelles como a madrasta.